Ticker

6/recent/ticker-posts

Super memória? Memória boa ou ruim? Como ter boa memorização?

Todos nós (estudantes, concurseiros, profissionais, etc) precisamos ter uma boa memorização, pois, muitas vezes, um bom desempenho nos estudos, nos concursos e até profissionalmente, depende de uma boa memorização.

Respondo a pergunta do título com uma boa notícia enfatizada por especialistas: Não existe memória boa ou ruim, pois nossa capacidade de lembrar depende da nossa própria vontade, e, assim sendo, o que existe é memória mais treinada e memória menos treinada. Nossas memórias e lembranças são exclusivas, afinal, ninguém pode interagir, sentir e se relacionar exatamente da mesma forma que nós. Portanto, com treinamentos e técnicas adequadas, é possível melhorar a memorização e ter uma "super memória". Um exemplo disto é o Alberto Dell'Isola, um brasileiro que é campeão latino americano de memorização, mas que, antes de aprender algumas técnicas e treinar sua memória, tinha uma "memória normal" (pouco treinada), como a maioria das pessoas.

O cérebro humano é algo surpreendente e incrivelmente maravilhoso, nunca para de mudar e está em constante evolução, não me canso de admirá-lo. Nosso cérebro possui cerca de 100 bilhões de células (neurônios), você ouviu bem, 100 bilhões de células que vivem em conexões, recebendo e transmitindo dados complexos que nos servem como um banco de dados altamente eficiente.

A transmissão de cada lembrança, pensamento e sentimento é mais rápida do que o disparo da bala de uma arma. As informações, quando buscadas, partem de um ponto central que emite uma série de dados a uma rede que se conecta dando origem a várias associações imediatas, criando canais de informações que se fixam e se fortalecem toda vez que a experiência se repete, por isso que gravamos com a repetição. Nossas lembranças se fortalecem e se modificam a cada repetição, criando nossas memórias. 

O incrível é que mesmo com tantas memórias, ao contrário do que acontece com a memória de um computador, que acaba ficando “cheia”, o potencial de nosso cérebro jamais se esgota. Quanto mais repetimos, quanto mais aprendemos, mais fáceis se tornam os novos aprendizados e mais acessíveis eles se tornam quando acessados. Vivemos em um processo de constante aprendizado.

Você sabia que o conhecimento científico da capacidade e funcionamento de nossos cérebros ainda está em fase inicial? Foi somente há cerca de 500 anos que se descobriu onde ele ficava localizado. Antigamente achava-se que para sentir ou pensar, utilizávamos o coração e o estômago. Somente nos últimos 30 anos é que os cientistas começaram a compreender, de verdade, o que o cérebro pode fazer e como ele funciona.

Em geral, usamos uma pequeníssima parte de nossa capacidade cerebral, principalmente por falta de conhecimento a respeito do funcionamento do cérebro. Eu, particularmente, na fase escolar não aprendi qualquer coisa referente ao funcionamento do cérebro, raciocínio, memória, métodos de memorização, de concentração, de aprendizagem acelerada, ciclos de estudos, etc. Tudo o que tenho aprendido e buscado a aprender e compreender é por conta própria. 

As informações são recebidas e armazenadas na memória de diversas formas, sendo processadas em dois hemisférios cerebrais. O direito se ocupa da imaginação, da criatividade, do ritmo, da fantasia, da cor, da noção espacial e da completude. O esquerdo se ocupa da sequencia, da lógica, das palavras, dos números e da análise. Quanto mais se estimula os dois hemisférios cerebrais, melhor e mais eficaz será o resultado em conjunto, o que ajuda a pensar melhor, a lembrar de mais coisas e  a recordar com mais profundidade. 

Por isso, aumente a tua capacidade cerebral, você é capaz, basta treinar teu cérebro e aplicar as diversas técnicas já disponibilizadas por estudiosos do tema. Abaixo seguem algumas indicações de alguns livros que tenho e que são excelentes para quem deseja ampliar a capacidade de memorização, de aprendizado e ter um "supercérebro" e uma "supermemória.

Para provas e  concursos, uma metodologia de estudos que tem se mostrado bastante eficiente para aprendizado e fixação dos conteúdos  é o  Ciclo  Eara. Para saber mais sobre o Ciclo Eara,  leia a  postagem que fiz neste blog sobre o Ciclo  Eara clicando no link abaixo:
https://www.mileideweber.com/2019/08/e-book-ciclo-eara-fernando-mesquita-o-processo-da-aprovacao-3-edicao-e-bom-funciona.html .

memorizando


Produto Digital: 
mapas mentais

Postar um comentário

0 Comentários